Notícias Atualizadas SGS

Back to Notícias Atualizadas SGS

Telhado solar, uma realidade

A Tesla, empresa do empreendedor Elon Musk, havia anunciado que em 2017 começaria a produção das telhas fotovoltaicas, porém só agora no começo de 2018 a produção foi oficializada. As telhas estão sendo produzidas em uma fabrica em Nova York no momento, e Musk já disse que a demanda é alta.

Além de fabricar carros elétricos, a Tesla está buscando soluções sustentáveis para um futuro melhor, onde tudo se conectará através de serviços Tesla. O telhado na imagem acima poderia ser confundido por um telhado comum, porém essas são as novas telhas que reinventam o design da telha solar.

O design das telhas tradicionais é um tanto quanto grosseiro e evidencia a existência de um telhado solar. A Tesla propôs algo mais moderno, onde ninguém é capaz de discernir as telhas fotovoltaicas na casa. A ideia é se igualar visualmente a uma residência comum.

(modelos de telhas fotovoltaicas)

Dessa vez o empreendedor Elon Musk trabalhou na criação de telhas fotovoltaicas que apesar de terem a aparência de telhas feitas de barro ou pedra, são feitas de vidro temperado e texturizado. A resistência do telhado é três vezes maior do que de telhas comuns, mas o material é completamente translúcido, atravessado pela luz com uma perda de apenas 2%. Dali, a luz é transmitida para células solares, que ficam escondidas debaixo das telhas. É por isso que esse telhado solar da Tesla é esteticamente mais bonito do que os que estamos acostumados a ver.

O Solar Roof vai custar US$21,85 por metro quadrado, sendo US$2,65 mais barato do que uma telha comum nos EUA. O projeto todo inclui a intercalação de telhas comuns e solares, pois não é necessário que todas sejam capazes de produzir energia. Tudo vai depender do projeto de cada casa e sua respectiva necessidade energética, tendo um valor customizável.

Esperamos que com a popularização dessa tecnologia, a produção se barateie ainda mais, sendo possível a expansão desse mercado para outros países como o Brasil que possui um enorme potencial para desenvolver fontes de energia sustentáveis. Faltam apenas mais incentivos e reconhecimento por parte do governo.

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × 3 =

Back to Notícias Atualizadas SGS