Notícias Atualizadas SGS

Back to Notícias Atualizadas SGS

ONU explica sobre a ligação entre poluição do ar e mudanças climáticas

Você sabia que fenômenos naturais como por exemplo, terremotos, tempestades e vulcões em erupção podem causar mudanças climáticas e poluição do ar?

Além dessas ameaças naturais, a raça humana tem sua parcela de culpa na contribuição da poluição do ar e do aquecimento global. Isso se dá devido ao estilo de vida que produz e consome mais do que nunca e, acaba gerando mais gases do efeito estufa.

Muitos não sabem mas, as mudanças climáticas e a poluição do ar estão diretamente interligadas, de maneira que, ao reduzir a poluição do ar, consequentemente também protegemos o clima. Os poluentes do ar incluem mais do que apenas gases do efeito estufa como o dióxido de carbono, metano, óxido nitroso e outros.

Mas a grande notícia é de que mudanças imediatas nos níveis da poluição do ar também surtem efeitos imediatos. Uma ação rápida para reduzir poluentes climáticos de vida curta e altamente potentes — como metano, o ozônio troposférico, os hidrofluorocarbonetos e o carbono negro – pode diminuir significativamente as chances de chegarmos a um caminho sem volta, como a liberação irreversível do dióxido de carbono e do metano contidos no permafrost do Ártico.

O especialista em mudanças climáticas da ONU Meio Ambiente, Niklas Hagelberg, afirma que ao lidar com a poluição do ar, também lidamos com uma solução crítica para as mudanças climáticas. Ele cita também que poluentes de vida curta são negativos em todos os sentidos, e que temos tecnologias e políticas comprovadas para reduzir a poluição do ar economicamente e imediatamente.

Hagelberg comenta também que uma preocupação recente é o triclorofluormetano, ou CFC-11, que deve ser abandonado em todo o mundo, de acordo com o Protocolo de Montreal, o acordo global para proteger a camada de ozônio. Esse gás industrial – usado ilegalmente no setor de materiais isolantes, por exemplo – também contribui com o aquecimento global.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + doze =

Back to Notícias Atualizadas SGS